está em qualquer lugar.

Lançamento da ColorOn

Já ouviram falar de sombra adesiva? Descobri esta façanha há poucos dias e estou encantada com a praticidade e o resultado que, em alguns casos, fica melhor do que se realmente tivéssemos perdido aqueles sagrados 20 minutos fazendo o make.

A marca ColorOn, especializada em produtos de maquiagem, lançou estes adesivos que por enquanto só estão a venda através do site e tem tons para todos os gostos. Para as mais ousadas é possível garimpar adesivos com cores fortes e desenhos mais psicodélicos.

Como, por enquanto, existem apenas duas marcas comercializando o produto (ColorOn e Eye Magic), o preço está lá em cima e dez aplicações saem por R$ 159,00.

 

 


Na correria que foi o final de semana do meu aniversário, mal lembrei de fotografar o look do Summer Soul Festival, mas queria mostrar para vocês, e esta é a melhor foto que encontrei.

FUI ASSIM: camisetão, bermuda, óculos, all star e claro, máquina no pescoço.

Como o ano é repleto de shows como este, a minha dica é: vá da forma mais confortável possível. Existem milhões de maneiras de fazer uma produção legal usando e abusando de roupas mais simples e de repente carregando nos acessórios e no make.

E ela foi assim: uma variação dos vestidinhos lindos de sempre, que são a cara dela, uma argola dourada gigante e sua voz grandiosa!

Apresentação de Janelle Monáe, em São Paulo

Antes da inglesa, Amy Winehouse, tomar conta do palco, a novata norte-americana tentou conquistar seu espaço em solos brasileiros abusando de recursos eletrônicos, coreografias, artes plásticas e muita troca de figurino, tudo unido a uma bela voz. Quanto a sua apresentação, é impossível deixar de lado os companheiros da banda, que seguiram os aproximados 50 minutos tão animados quanto a própria cantora.

Mas o que destaco mesmo é o estilo descolado que Janelle trouxe ao Summer Soul Festival.

Voz, brilho e rosa

De sapato Oxford e gravatinha borboleta a norte-america demonstrou muita atitude ao adotar apenas aspectos da moda masculina, transparentes, também, na escolha da calça social e camisa. Mas não pensem que ela não se preocupou com o toque feminino, e deixou nas mãos do batom rosa, que é justamente o hit da estação.

O rosa é um clássico, mas fixou-se como item must have no estojo de maquiagem há uns 2 anos com a onda do nosso querido Snob, e neste verão está fazendo sucesso com as variações de sua cor.

Meninas de peles morena e negra devem apostar nos tons mais fortes, como fez Janelle, assim fazem com que a cor ganhe destaque positivo, enquanto as mais clarinhas devem preferir os tons bebês. Da mesma forma que acontece como os batons vermelhos e todas as cores chamativas, a dica é básica, apostem em uma linha mais opaca.

Amy Winehouse no Summer Soul Festival, em São Paulo

Não havia jeito melhor de reiniciar as postagens se não com a Amy Winehouse e tudo que vi bem de pertinho.

Presenciei o show daqui de São Paulo e tive a oportunidade de ficar na frente, no meio, quase cara a cara com ela. Detalho a minha localização, para vocês entenderem que de fato posso dizer que a cantora é pura emoção, com uma voz de arrepiar. Ao contrário do que tem saído na mídia, onde os jornalistas a descrevem como dona de um show vago e sem sentimentos, além de insistir que ela esquece as letras.

Quem conhece a carreia da inglesa, sabe que o seu último trabalho, Back to Black, foi baseado na fase de derrota que ela vivia, principalmente no seu relacionamento, e tal melancolia era transmitida através do olho perdido na multidão a cada canção mais ‘romântica’ como Love is a Losing Game e Just Friends que por sinal foi uma ótima escolha para abrir a noite. Tirando estes momentos mais doloridos, Amy Winehouse era só alegria no palco do Summer Soul Festival.

Toda serelepe, a morena dançou, pulou e deu muita risada durante sua apresentação, além de cativar o público com o seu jeito extremamente tímido de ser. É, quem diria que aquela menina que carrega consigo manchetes polêmicas seria tão delicada e sapeca.

Fiquei triste por chegar em casa e me deparar com tantas críticas negativas em relação ao show da Amy. A noite embalada pela voz da inglesa foi tão boa e emocionante para tanta gente que tive contato, que não consigo entender as baboseiras espalhadas pela rede. Brinco que eu perderia o emprego se fosse obrigada a escrever sobre o show da cantora baseada em fatos anteriores, fatos que ficaram no passado e felizmente não fizeram parte da apresentação em São Paulo. Apesar de tudo, sei que tive sorte por estar no lugar certo, no dia certo e não nas outras cidades em que ela se apresentou.

Que estes shows no Brasil, considerados como uma nova fase pela própria cantora, tenham sido o início de uma nova estrada, por que talento e méritos a inglesa tem de sobra.

Feliz Ano Novo!


 

 

É, o Natal já passou e levou com ele todas as obrigações familiares. E agora? Ah, é hora de partir para o abraço e aproveitar a virada do ano em grande estilo. Se o seu destino é rumo a praia ou um local com uma piscina babado, então tenho uma humilde dica para você aproveitar os dias de muito Sol.

Em uma busca mal sucedida por novos biquínis o resultado acabou sendo totalmente positivo. Quando pensei que não teria mais jeito, achei perdido nas ararás um cabine que trazia a possibilidade de garimpar duas peças de calcinhas: uma colorida e outra preta.

Logo abri aquele sorrisão e pensei em vocês.

Sim meninas, com esta história de que ‘ninguém é de ninguém’ que vem rolando há uns dois anos no mundo da moda, podemos usar e abusar das cores e combinações, principalmente no verão, como venho dizendo para vocês em todas as postagens. Tendo isso em mente, o meu achado foi maravilhoso!

Tenho algumas restrições quanto as misturas mas a peça colorida nos dá a possibilidade de extravasar nas cores da parte de cima, lembrando que é legal explorar no máximo três cores, afinal, não é fantasia de escola de samba né? Já a preta dá liberdade para usar as cores mais loucas, desenhos, textutas e tudo que der na telha. A-do-rei!

No meu caso, posso combinar o sutiã com uma das cores da calcinha ou investir numa cor que contraste.

O que ajuda muito para fazer a combinação desejada, além das cores, é também a modelagem da calcinha que é completamente básica e cabe com qualquer outro tipo de modelo. Eu não me sinto bem, mas vale lembrar que o troca-troca entre as modelagens também é super válido desde que haja bom senso e o uso da compensação, ou seja, se usar uma calcinha com um baita laço procure um sutiã livre dos detalhes.

Ter uma peça neste verão que multiplica o seu armário é o must have da estação.

Ela é certamente uma das marcas que mais faz sucesso durante o verão. Semana passada estava louca para customizar a minha, em uma loja no Shopping Morumbi, mas estava impossível escolher alguma coisa com tanta gente apertada querendo garantir a sua.

Lembro quando as opções da marca eram apenas aquelas brancas com as tiras nas cores azul ou preta, sem falar no precinho que era de gargalhar de tão barato. Hoje, além destas, a Havaianas conta com uma infinidade de modelos com diversas cores juntas e misturadas.

Como se não fosse o suficiente, a marca resolveu se lançar nas tendências, com o foco no verão, e criou além de tênis sneakers e sapatinhos boneca, as alpargatas, que bombaram nos anos 80 e voltaram para os pés dos fashionistas neste verão com o alto-astral de sempre da marca.

Sim, elas entraram para a lista must have deste verão. Entretanto, do mesmo jeito que muitas coisas que coloco por aqui precisam de um tempo para a adaptação, com as alpargatas não é diferente. Sempre achei estiloso este sapato com base artesanal, mas nunca consegui me imaginar usando algo assim tão rústico, até me deparar com a Soul Collection que é mais divertida e descolada.

Cabe com tudo, mas confesso que a combinação short + alpargata, saia + alpargata ou vestido + alpargata são o hit do verão.

Nuvem de etiquetas