está em qualquer lugar.

Posts tagged ‘gilberto gil’

Retrato do nascimento do Tropicalismo: Uma noite em 67

Com a oportunidade de viver na década de 60, o documentário “Uma noite em 67” retrata a última noite do III Festival de Música Popular Brasileira, da TV Record. No Brasil, a época era tomada pela Ditadura Militar e para àquelas pessoas, no Teatro Paramount, em São Paulo, só existia a Era dos Festivais.

Destes festivais surgiram grandes nomes da MPB e especificando o dia tratado no documentário, ali estava nascendo o Tropicalismo, que dividia opiniões.

Renato Terra e Ricardo Calil fizeram a mescla tradicional de arquivos da emissora com depoimentos atuais dos protagonistas do evento, incluindo não apenas os cantores, mas também os organizadores e jurados. O resultado? Bom, não poderia ser diferente, ficou muito interessante.

Pra quem gosta de música, da nossa música, vai gostar de ouvir relatos de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chico Buarque, Roberto Carlos sobre o que passava na cabeca de cada um naquele dia e o que pensam hoje sobre aquele momento, surpreendente e curioso.

Momentos que marcaram o III Festival de MPB

Há, ainda, relatos do diretor da Record, do organizador dos festivais, dos back vocals de Chico, do Edu Lobo que na ocasião se destacou e muito mais, vale a pena.

Além de mergulhar no mundo da música, como na passeata contra a guitarra elétrica, podemos observar como as mídias mudaram e evoluíram. Fora a cor da transmissão, branco e preto, nota-se uma proximidade dos apresentadores com os telespectadores muito grande, e o fato deles estarem fumando enquanto entrevistam os cantores é apenas uma das representações de proximidade. Era menos superficial e acho que a ideia de aparência perfeita não era o lema.

Apenas sete cidades tem o privilégio de assistir a história de um festival que posteriormente virou um marco da música.

Aqui em São Paulo o documentário está passando no Espaço Unibanco Augusta e em Campinas no cinema Topázio.

Em Porto Alegre, no Instituto NT de Cinema e Cultura, em Salvador, no Cinema da UFBA (Cine XIV), em Vitória, no Cine Jardins, em Macaé, no Cine Arte Macaé e em Campo Grande, no Cine Cultura.

Já os cariocas têm mais opções e podem assistir no Espaço de Cinema, Estação Vivo Gávea e no
Unibanco Arteplex Rio de Janeiro.

Nuvem de etiquetas