está em qualquer lugar.

Posts tagged ‘show’

Janelle Monáe dá show de estilo e expressão

Apresentação de Janelle Monáe, em São Paulo

Antes da inglesa, Amy Winehouse, tomar conta do palco, a novata norte-americana tentou conquistar seu espaço em solos brasileiros abusando de recursos eletrônicos, coreografias, artes plásticas e muita troca de figurino, tudo unido a uma bela voz. Quanto a sua apresentação, é impossível deixar de lado os companheiros da banda, que seguiram os aproximados 50 minutos tão animados quanto a própria cantora.

Mas o que destaco mesmo é o estilo descolado que Janelle trouxe ao Summer Soul Festival.

Voz, brilho e rosa

De sapato Oxford e gravatinha borboleta a norte-america demonstrou muita atitude ao adotar apenas aspectos da moda masculina, transparentes, também, na escolha da calça social e camisa. Mas não pensem que ela não se preocupou com o toque feminino, e deixou nas mãos do batom rosa, que é justamente o hit da estação.

O rosa é um clássico, mas fixou-se como item must have no estojo de maquiagem há uns 2 anos com a onda do nosso querido Snob, e neste verão está fazendo sucesso com as variações de sua cor.

Meninas de peles morena e negra devem apostar nos tons mais fortes, como fez Janelle, assim fazem com que a cor ganhe destaque positivo, enquanto as mais clarinhas devem preferir os tons bebês. Da mesma forma que acontece como os batons vermelhos e todas as cores chamativas, a dica é básica, apostem em uma linha mais opaca.

Anúncios

Acredito no que vi e não no que li: Amy Winehouse

Amy Winehouse no Summer Soul Festival, em São Paulo

Não havia jeito melhor de reiniciar as postagens se não com a Amy Winehouse e tudo que vi bem de pertinho.

Presenciei o show daqui de São Paulo e tive a oportunidade de ficar na frente, no meio, quase cara a cara com ela. Detalho a minha localização, para vocês entenderem que de fato posso dizer que a cantora é pura emoção, com uma voz de arrepiar. Ao contrário do que tem saído na mídia, onde os jornalistas a descrevem como dona de um show vago e sem sentimentos, além de insistir que ela esquece as letras.

Quem conhece a carreia da inglesa, sabe que o seu último trabalho, Back to Black, foi baseado na fase de derrota que ela vivia, principalmente no seu relacionamento, e tal melancolia era transmitida através do olho perdido na multidão a cada canção mais ‘romântica’ como Love is a Losing Game e Just Friends que por sinal foi uma ótima escolha para abrir a noite. Tirando estes momentos mais doloridos, Amy Winehouse era só alegria no palco do Summer Soul Festival.

Toda serelepe, a morena dançou, pulou e deu muita risada durante sua apresentação, além de cativar o público com o seu jeito extremamente tímido de ser. É, quem diria que aquela menina que carrega consigo manchetes polêmicas seria tão delicada e sapeca.

Fiquei triste por chegar em casa e me deparar com tantas críticas negativas em relação ao show da Amy. A noite embalada pela voz da inglesa foi tão boa e emocionante para tanta gente que tive contato, que não consigo entender as baboseiras espalhadas pela rede. Brinco que eu perderia o emprego se fosse obrigada a escrever sobre o show da cantora baseada em fatos anteriores, fatos que ficaram no passado e felizmente não fizeram parte da apresentação em São Paulo. Apesar de tudo, sei que tive sorte por estar no lugar certo, no dia certo e não nas outras cidades em que ela se apresentou.

Que estes shows no Brasil, considerados como uma nova fase pela própria cantora, tenham sido o início de uma nova estrada, por que talento e méritos a inglesa tem de sobra.

Amy Winehouse produz… roupas!

Cróquis divulgados em março

Enquanto Sabrina Sato se dá bem com as suas produções aqui no Brasil, lá em Londres, Amy Winehouse ficou com o posto de mulher mais mal vestida, mas isso em 2008. Mesmo assim, com a fama de não saber muito bem das coisas que rolam no mundo da moda, a cantora aproveitou o tempo em que ficou fora dos palcos para criar a sua própria coleção.

Por incrível que pareça, sempre achei que a inglesa deveria investir neste ramo já que, principalmente, nos shows ela está sempre com modelos que servem de inspiração para os mais alternativos e  até mesmo longe do palco fez com que as sapatilhas virassem tendência.

Sendo assim, seus vestidos bem acinturados  já estão disponíveis no site da grife de Fred Perry.

Algumas peças da coleção

Em parceria com a marca, Amy vive sua primeira experiência como estilista.

Há menos de um mês do lançamento, os sites de fofoca já flagraram a cantora vestindo várias peças da sua própria coleção, que por sinal foi produzida (e deu o que falar) no tamanho de Winehouse (que é muito magra) justamente para ela também poder usufruir do seu novo talento.

Para ter uma peça da coleção da cantora é preciso ter no mínimo 55£ disponíveis no bolso, e o melhor de tudo e inacreditável é que a marca FAZ entregas no Brasil! Então se gostou, não perca tempo para garantir a sua peça e ir “a lá” Amy Winehouse nos shows que a cantora fará no Brasil!

Um show atrás do outro

Os shows programados para o Brasil vão bombar o segundo semestre dos brasileiros. Como se não bastasse os 3 eventos que já anunciei aqui, o jornal “Agora SP” publicou que Rihanna também está em processo de negociação para se apresentar no país em outubro ainda deste ano.

A confirmação veio da própria gravadora da cantora, a Universal, e há especulações que o Hotel Fasano já tem reservas para a diva e toda sua equipe.

Agora é aguardar, torcer pra que a notícia se confirme e que o salário aumente!

(Já estou preparando posts sobre a viagem)

Lauryn Hill não vai passar de R$ 300, no Brasil

Para os fãs da norte americana Lauryn Hill, os preços dos ingressos das apresentações em território brasileiro já foram divulgados e os paulistanos estão com a vantagem!

Em São Paulo as vendas começam de R$ 100 e o valor máximo é de R$ 280, já para os cariocas a cantora vai se apresentar nos valores entre R$ 140 à R$ 300.

Os outros estados ainda não tem os valores divulgados e as vendas estarão disponíveis a partir do dia 19 de julho.

Corram para garantir a volta da Lauryn aos palcos.

Whitney Houston acostuma-se com as vaias

As críticas estão cada vez maiores em relação a nova turnê da cantora Whitney Houston.

Depois de ser internada em Londres devido a uma infecção respiratória e fazer um show penoso – segundo alguns críticos dos jornais europeus – com direito a falta de ar, músicas desafinadas, desculpas e tudo mais, a cantora seguiu com seu show “Nothing But Love” rumo a Berlim. Entretanto, parece que os europeus não estão contentes com a atuação da americana.

Mais uma vez Houston foi vaiada e deixou de ser prestigiada pelos fãs que em sua maioria viraram as costas e deram adeus ao show.

As equipes responsáveis pela cobertura do evento, alegam que aparentemente Whitney ainda não se recuperou do susto que deu em Londres que a fez parar no hospital, e está com uma aparência de cansada, mesmo disfarçando com a maquiagem.

Ainda que o seu novo hit “I look to you” seja um grande sucesso nas rádios do mundo inteiro, a cantora não consegue carregar o show sozinha, fato que é uma pena, por que talento não falta.

Nuvem de etiquetas