está em qualquer lugar.

Posts tagged ‘sp cia de dança’

Cada um tem uma dupla, cada dupla se desfaz

Na quinta-feira, 20, fui assistir o espetáculo da São Paulo Cia. de Dança no Teatro Sérgio Cardoso, aqui em SP.

Fui com a expectativa muito grande para ver o ballet de Balanchine, Theme and Variations e saí de lá encantada pela coreografia feita por Maurício de Oliveira, Os Duplos.

Ao assistir Os Duplos, temos a sensação de estar cara a cara com um retrato da sociedade e a forma com que os indivíduos tratam suas relações sociais. Na vida é um entra e sai, gosto e não gosto, é e não é. Assim me senti no teatro.

A facilidade com que as pessoas tem de deixar de lado os outros, tratar como se fossem objetos sem valor nenhum e viver a sua vida individualmente ou aliados a grupos estava ali, pra todo mundo ver e pensar o que quiser.

É a era do consumismo. Servimos apenas quando temos algo pra oferecer, caso contrário, descarta!

Eu gosto da arte por isso, somos livres. Ainda que exista um contexto, você cria o que acredita.

No vídeo, um ensaio sem música da coreografia.

“É o duplo de cada um, do outro e do conjunto que estabelece relações ambíguas. Entram, misturam-se, contaminam-se na busca de um encontro com o outro e consigo. Habitam um tempo particular”, segundo o coreógrafo.

Esta definição é representada pela malemolência dos oito bailarinos presentes em cena. Cada parte do corpo é única e muito bem demarcada. A música e o figurino compõem esta viagem que fazemos dentro da nossa própria realidade, ali representada por corpos que aparentam não ter ossos. Bravo!

Nuvem de etiquetas